quarta-feira, 2 de novembro de 2011

RESENHA/ LIVRO: A Ovelha e o Dragão - Renata Martins

Título: A Ovelha e o Dragão
Autora: Renata Martins
Páginas: 298
Ano: 2011
Editora: Danprewan

SINOPSE: Um jovem satanista e uma missão, destruir uma igreja e seu Pastor. Ele só não contava com uma coisa: apaixonar-se pela filha desse homem!

Uma batalha travada entre os mundos físico e espiritual, onde o certo, o errado e o duvidoso andarão laldo a lado. O que prevalecerá para Cristiano e Raquel: a missão de vida, ou o amor insano e incondicional?

Compre o livro no site da Danprewan


Quando se fala sobre o ocultismo, satanismo ou afins, sempre tem gente que fica com o pé atrás ou simplesmente ignora, pois fala que isso não é tema a ser abordado pelos cristãos. Eu discordo. Creio que é importante termos conhecimento sobre o inimigo. Há alguns dias, li, numa lista de discussão, sobre o ato de ler ou não a bíblia satânica. O pau comeu. Muitos cristão da lista disseram que lunca leria tal material, inclusive, outros, troxeram a máxima evangélica: "Tá amarrado e queimado!". Eu tentei ser brando e disse que cada um deve ler aquilo que o seu objetivo de leitura lhe orienta. Se alguém vai falar ou debater sobre tal assunto, o melhor é ter completa ciência sobre ele. Tenho certeza, que se ou quando eu for me aprofundar sobre o satanismo, irei, sem dúvida ler aquela bíblia, pois o meu objetivo será então de conhecer as práticas e confrontá-las com a Bíblia cristã. Creio que estou me alongando um pouco para falar desse livro, mas creio que é necessário esse prefácio.  Por que? O livro A Ovelha e o Dragão entra por esse viés, falando sobre o satanismo, pois um dos protagonistas assim se intitula.

Cristiano é declaradamente um satanista. Suas práticas e seu pacto estão descritos no livro, seus contatos com seu demônio particular estão descritos detalhadamente, assim como seus planos para destruir a igreja. Isso é ruim? Nem tanto. Isso é um incentivo para a prática do ocultismo, já que o demônio ajuda Cristiano em um de seus encontros com a "ovelha"? Creio que não.

A narrativa é fácil e nos faz ler rapidamente. Podemos perseber também que trata-se de uma dupla narrativa, pois Raquel (a ovelha) narra e Cristiano (o dragão) conta. Isso foi algo que achei, ao mesmo tempo, bom e ruim. Eu explico: bom, pois vemos alguns detalhes que apenas um personagem enxergou ou algo que sentiu e isso enriquece a história; ruim porque achei que que algumas coisas poderiam ser cortadas, pois se parece muito com o que o outro já tinha falado. Mas esse fato não compromete a narração.

As personagens foram bem criadas e faz refletir acerca do amor, da intimidade e do compromisso. Este último de várias formas: com amigos, com o namorado, com os pais, com Deus. E por que não dizer com o diabo? Sim existem pessoas compromissadas com ele também, assim como Cristiano, mas, no fim, podemos ver que esse compromisso na verdade torna-se escravidão e isso, certamente requer um preço alto demais para qualquer um que quiser ser "filho" das trevas.

Sim, Cristiano terá uma missão árdua a cumprir e terá que escolher de que lado ficar. E qual lado ele escolherá?... Só lendo, não é?

Ahh!... li uma resenha no Skoob dizendo que não tinha entendido o livro e que o mesmo deixava várias pontas soltas. Espero que esse(a) leitor(a) saiba que o livro, sem dúvida vai ter uma continuação (ou melhor, é o 1º livro de uma série de 3). Segundo a autora, Renata Martins, o próximo volume se chamará Restauração, e ela promete ser este melhor ainda que A Ovelha e o Dragão, pois veremos as consequências dos atos de Cristiano por ter se envolvido com as forças ocultas. O 2º livro deve ser lançado até março.

Para mim o livro é bom, não deixa pontas soltas (se deixa é premeditado como um gancho para o próximo livro) e, como sempre digo aqui para todos as ficções nacionais, é digno de aplausos por se tratar de uma literatura cristã que tem como intuito entreter gerando o conhecimento de Deus e sua Palavra. Esse livro é muito mais que isso. Vale a pena lê-lo, sem medo ou preconceito por tratar do satanismo/ocultismo e tirar suas próprias conclusões.

8 comentários:

Egno disse...

Caro Naasom,

será que o ofendi? Você não deu mais notícias!

Entrando um pouquinho no mérito da questão: por que os leitores nao ficam sabendo que se trata de uma série? Não há nada sobre isso na orelha do livro, ou na contra-capa?
Me preocupo como um leitor pode saber que tem o volume de uma série nas mãos e não um romance de único exemplar, pois também estou escrevendo série em que cada volume "não termina", mas reclama o seguinte. Me de sua valiosa opinião.

Abçs.

Antônio Egno.

Naasom A. Sousa disse...

Egno, o que é isso? Estamos sempre por aqui. Mais postando do que comentando, é verdade, mas estamos por aqui. De fato não vi nenhuma referência a uma série, mas fiquei logo com a pulga atrás da orelha e pelo final descobri que sem dúvida tinha que ter uma continuação.
Egno, um abraço e espero sempre ler seus comentários aqui, amigo. Deus te abençoe.

Gabi Sotti disse...

Gostaria de saber , qual é o nome da parte 2 do livro A Ovelha e o Dragão , pois li a primeira parte e achei interessante e gostaria de saber qual é o nome do vol. 2 .

Agradeço desde já !
Beijos

Naasom A. Sousa disse...

Gabi, a autora não revelou o título do 2º livro, mas já está a caminho. É só esperar que já-já sai um novinho em folha. Abraço.

Gabi Sotti disse...

Ahh , Ok.. Muitoo Obrigada !

Mais você sabe quanto vai ser lançado o proximo ?

DECOR ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Serva por Amor ♥ disse...

Gabi!
Já saiu a capa do livro 2 e o título é A Ovelha e o Dragão - A RESTAURAÇÃO.
Muito linda a continuação, quase 400 págnias de pura emoção... Será lançado no póximo mês aqui na Paraíba, e posteriormente nas demais regiões!

;D

Stefani disse...

Nossa, só no próximo mês aí? Aqui no Rio já saiu e eu comprei os dois exemplares em agosto. Que estranho.
Li a primeira parte em 2 dias (gostei bastante do primeiro livro), mas quando comecei a ler a segunda parte do livro, que é A Restauração, não gostei muito... Não sei se foi eu que perdi o interesse ou se realmente a continuação do livro que não está tão interessante. Enfim, é uma ótima leitura. Recomendo o/