terça-feira, 8 de junho de 2010

BLOG-LIVRO: Um Caminho a Seguir, de Naasom A. Sousa



Amigos e irmãos, uma de minha ideias para esse ano é escrever uma história em capítulos curtos para meu blog. Essa história tem por título "UM CAMINHO A SEGUIR". Já fiz o esboço de alguns capítulos e está bem interessante. Espero que gostem.



Abaixo segue a sinopse:


Victor sai da prisão, onde passou 12 anos de sua vida. Momentos de dor, aflição, angústia. Porém, uma figura feminina não lhe saíra da mente: Lara, sua esposa, que estava grávida quando ele foi preso. Agora, de volta às ruas, ele irá em busca do tempo perdido, consertar os erros do passado.

Porém, ao tentar fazer isso, descobre que nada do que planejara poderá sair como esperado.

Ao chegar na casa de sua mãe, descobre que esta está internada num hospício; sua irma está desaparecida; e por fim, Lara parece não mais amá-lo.

O que fazer diante desse pesadelo? Será que todos os seus sonhos irão por água abaixo?




CAPÍTULO 001

Não acreditava que aquele dia estava chegando, afinal. Seu coração batia forte e acelerado. Seu sembrante  revelava o quão apreensivo estava por sair daquele lugar o qual queria esquecer. Prometera a si mesmo que jamais retornaria para lá novamente. Olhou em volta, observando as paredes enegrecidas pelo tempo, os homens que dividiram o pequeno espaço com eles estavam lá. Alguns para lhe dar os parabéns pela liberdade; outros apenas para dar uma última alfinetada sarcástica e idiota, uma brincadeira sem graça que sempre costumavam fazer. Mas naquele momento ele não ligou muito. Sentia-se aliviado por ser seus derradeiros minutos ali. Sair da prisão, enfim, tornou-se realidade.

Ao ser conduzido por dois guardas para o portão de saída da prisão estadual, ele não conseguiu conter as lágrimas que teimaram em deslizar pelo rosto. Um dos guardas, por nome Átila, notou a emoção do homem em liberdade e disse-lhe calmamente:

- Faça tudo o que estiver ao seu alcance para não acabar aqui dentro de novo, Victor.

Sem se dar trabalho de limpar o rosto, Victor Linhares olhou para o guarda e assentiu com a cabeça, tentando esboçar um sorriso.

Os dois homens de uniforme pararam ao chegar próximo ao último obstáculo à liberdade de Victor e deram espaço para ele. O ex-detento respirou fundo e fixou o olhar nos dois guardas e por fim apertou a mão dos dois.

- O que pretende fazer agora? - Átila quis saber.

- Só quero encontrar minha esposa, filha, mãe e irmã. Tentar reparar os erros que cometi.

- Algum deles vem te buscar? - Perguntou Átila, curioso. - Notei que faz tempo que nenhum deles veio te visitar.

- Faz tempo, mesmo - disse Victor meio tristonho. - Nem sei mais o quanto.

O outro guarda, que ficara calado até então, aproximou-se ainda mais de Victor e tocou-lhe no ombro. Indagou:

- Você vai lembrar de tudo o que eu disse?

- Vou, sim, Márcio.

- Vai seguir meu conselho?

Victor olhava fitava Márcio Oliveira, o guarda evangélico da prisão, com os olhos novamente marejados. Seus olhos então procuraram o chão.

- Victor… nada do que você fizer vai te trazer realizações satisfatórias se você não estiver ao lado do Senhor Jesus. Com ele, o mínimo será grandioso. Sua vida familiar, amorosa, profissional… tudo… só terá um verdadeiro significado com Cristo. Por isso, Victor, entregue o quanto antes sua vida a Jesus.

- Vou pensar a respeito - foi tudo o que pode dizer naquele momento.

Deu uma última olhada para os dois, acenou com a cabeça e foi em direção à rua. Seu coração estremeceu quando o portão foi trancado novamente atrás de si. Estava em liberdade, enfim. Sorriu para si mesmo e observou ao redor. Notou então que estava sozinho do lado de fora. Ninguém estava à sua espera. Não havia nenhum sorriso a esperá-lo ou braços abertos prontos para abraçá-lo, nenhum olho coberto de lágrimas pela emoção de vê-lo livre. Não havia ninguém lá. Onde estariam sua mulher, filha, mãe e irmã?

Onde vocês estão? Perguntou a si mesmo.

Enfiou a mão no bolso e pegou algumas moedas que Márcio havia lhe dado há alguns momentos atrás. Esperava que desse para pagar a passagem do ônibus para casa. Caminhou para o ponto do coletivo. Logo estaria no seio de sua família novamente e tudo seria diferente dali em diante.


[CONTINUA...]

----------------------------------------

Acompanhe essa história no blog do autor: http://naasom.tumblr.com/tagged/Um caminho a seguir


O SEU NAVEGADOR PODE TE PROTEGER DE FRAUDES NA WEB. VEJA DICAS DE INTERNET EXPLORER 8

4 comentários:

wallacydonadiarodrigues disse...

Minha v ida daria um livro, em que cada pagina seria um testemunho, do amor e do livramento do senhor Jesus .Eu andava perdido, sem direção,mesmo com os olhos vendados o senhor não deixou aminha vida ser ceifada, depois de longos anos de procura, com a ajuda de uma mulher de Deus, eu encontrei UM CAMINHO A SEGUIR.

Naasom A. Sousa disse...

Wallacy, adoraria poder ler sua história. Encorajo você a escrever. Sempre é importante fazer com que as pessoas saibam o que Deus pode fazer na vida do pecador. Abraço.

Josiane disse...

Olá gostei muito do seu blog... eu e meu marido temos um e gostaria que vc seguisse pra podermos debater sobre alguns assuntos e até trocar postagens

Naasom A. Sousa disse...

Josiane, oi!
Muito bom ouvir que gostaram do nosso blog.Mande-me um email para nos falarmos melhor, ok? letrassantas @hotmail ponto com

Abraço.