quinta-feira, 10 de março de 2011

RESENHA/LIVRO: A Profecia Verdadeira - COLEÇÃO O FIM DO MUNDO Vol. 2

Título: A Profecia Verdadeira
Série: Coleção O Fim do Mundo
Autor: Jonathan Cash

Editora: Danprewan
Páginas: 164
Comprar no site da Editora Danprewan


Sinopse
Neste segundo volume da série, Aprofecia verdadeira, o caos econômico e social se instala em todas as nações apartir da incompreensível queda das bolsas de valores, que inicia um desastroso efeito cascata na economia mundial. Ao mesmo tempo, o anticristo finalmente mostra sua face à humanidade. O mais assustador, porém, é que ninguém desconfia de nada e todos o recebem, erroneamente, como um homem de Deus — que ele, infelizmente, na verdade não é.

 
Sabe um livro que você pega pra ler e quando nota já acabou? É esse. Equando parece que um enredo está engrenando e de repente é cortado e volta a ficar muito morno? É esse também.

O livro começa de onde o 1º livro terminou, com o casal apresentadores do telejornal local, Sally e Ken – que estão noivos –,  tendo um desentendimento, pois ela aceitou a Cristo como seu Salvador e ele está relutante e inseguro quanto a isso. O nome dele é Ken Action e acha que tem o rei na barriga. Tudo está mais ou menos quando de repente o inesperado acontece: Sally, no meio da apresentação de uma notícia, em frente às câmeras, subitamente desaparece. Outras pessoas parecem que desapareceram da redação no mesmo instante e o caos tomou conta da cidade. Os canais de TV saíram do ar, aviões caíram explosões puderam ser ouvidas ao longe...

É assim que a ação mostra a sua cara nesse 2º volume da série e de repente você se vê inserido naquele contexto de desespero, perguntando-se onde vou estar quando isso ocorrer. Creio que livros que retratam o apocalipse e a segunda vinda de Cristo tendem a despertar essa reflexão em quem os lê. Como estarei? Subirei ou ficarei? E se fosse agora? Nesse momento do livro é nisso que pensei. Será muito triste para quem ficar e ver que para ele só restará a morte.

Nesse livro vemos o Anticristo, Imanuel, estreitar as relações com o vaticano e tentando barganhar com Israel. Continuamos com os anjos e demônios conversando e se preparando para a Grande Batalha.

Vamos ponderar então o que de bom e de duvidoso encontrei nesse livro:

PONTO POSITIVO:
O arrebatamento foi bem legal. Lembrou-me do filme O ARREBATAMENTO, emque as pessoas desaparecem e as roupas ficam dobradinhas... a tensão é palpável nessa parte, dando um pequeno vislumbre do que acontecerá naquele dia.

PONTONEGATIVO:
A falta de ação no resto do livro. O que mais lemos nesse livro são os planos de Imanuel, Satanás e seu capataz, Blasfêmia. Algo que me intrigou foi uma passagem do livro em que o anjo Miguel vai ao encontro de Satanás e pede para ele se arrepender do seu pecado (hein?). Creio que isso é um devaneio gigantesco, já que o futuro dele já está traçado nas Escrituras e Ela não pode ser mudada (nem um til, não é mesmo?).


Os dois livros iniciais, duma série de cinco, me faz querer ler o resto e ver como tudo isso vai acabar. Entretanto me preocupam esses devaneios do autor. Acho que aqui é o caso do tal "cada um no seu quadrado", não é? Pois todos podem pensar naquilo que creem. Espero, porém que isso não prejudique o andamento da leitura.

5 comentários:

Melancia disse...

Legal... estou esperando os meus livros dessa coleção chegarem, eu só li o primeiro, quero ler os outros logo... Só sinto que são tão pequenos... podia ser um livro só então.

Gisele
http://dicasdelivrosefilmes.com.br/

Felipe Fagundes disse...

Concordo com a Melancia. Só agora reparei que esse livro tem menos de 200 páginas --'

Essa série não me chamou a atenção pelo simples fato de ser igual ao Deixados para Trás. Ou uma versão pior. Gostei MUITO de DpT mas não consigo encarar uma outra série parecida.

Essa série parece muito esquisita pelos pontos negativos citados nessa resenha e na anterior. Muita viagem o.O

PS: Só uma dica, é bom dar uma revisada no texto antes de postar. Não encontrei erros de ortografia nem de digitação mas há algumas palavras coladas tipoassim ou separadas de forma incorreta tip oassim e isso incomodou um pouco a leitura do post. É só uma dica ;)

Naasom A. Sousa disse...

Melancia, obrigado por seu comentário. Creio que toda obra cristã vale a pena ser lida e retida aquilo que é bom;

Felipe, obrigado por suas considerações. Realmente está acontecendo algo no texto que vou prestar mais atenção. Creio que é porque eu escrevo no editor de texto e depois copio e colo no meu email para enviar ao blogger, pois aqui no meu trabalho o Blogger é bloqueado. Estou tendo alguma dificuldade com isso. Mas vou me empenhar ainda mais para melhorar e sanar esse problema.

Renato Klisman disse...

Aff!
Séries sobre O ARREBATAMENTO não viram mais....
A melhor foi Left Behind, o que vier depois não vira mesmo.
Falando nisso, você já leu a série O AGENTE? é boa demaaaaaaaaais! Recomendo muuuito!
Recomendo também os livros do FRANK PERETTI e do TED DEKKER, são livros de ficção/terror fantásticos, e ainda por cima evangélicos. (isso mesmo kkk)
Podemos conversar mehlor pelo meu e-mail: renatoklisman@gmail.com
Att!
Renato klisman: http://rkbooks.wordpress.com

Alê disse...

Há um tempo atrás li um livro chamado "A era do Anticristo" do mesmo autor, me chamou atenção pois havia acabado de ler Deixados para Trás, mas não consegui terminar de ler pois o autor viajava demais (anjos com aparelhos decodificadores de orações, e tecnologia avançada), éra um livro grosso (mais ou menos 400 páginas) e os personagens eram os mesmos e lembro que tinha uma história com a Arca da Aliança e um ET também. Por acaso seria uma versão compilada destes pequenos livros em um único volume? A propósito, muito legal o blog, virei fã. Vou passar por aqui sempre para ver as novidades.
Que Deus o abençoe.