Conheça as ficções cristãs lançadas no Brasil

Não sabia que há uma biblioteca de ficções cristãs para você ler? Veja aqui uma lista completa com os títulos publicados em nosso país.

Frank Peretti que o Brasil não conhece

Saiba que Frank Peretti tem muito mais lá fora do que "Este Mundo Tenebroso". Veja quais sucessos dele ainda não deu as caras por aqui.

Leia a resenha de A Negociadora

Um dos grandes sucessos da escritora Dee Henderson é a série O'Malley. Saiba mais sobre esse primeiro livro da série.

Livro impresso "Ilusão"

Uma ficção cristã de suspense que você não vai para de ler até o final da história. Adquira já o livro impresso ou o eBook baratíssimo.

Tudo que tenho é Cristo

Assista a essa animação emocionante que nos mostra o que está reservado ao cristão que persevera até o fim.

quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

RESENHA/LIVRO: O despertar da Escuridão - COLEÇÃO O FIM DO MUNDO Vol. 1

Título: O Despertar da Escuridão

Coleção O Fim do Mundo

Autor: Jonathan R. Cash

Editora: Danprewan

Páginas: 144

 

SINOPSE: Neste primeiro volume da série, O despertar da escuridão, temos um planeta muito diferente daquele que hoje conhecemos.  As nações estão divididas entre várias etnias, religiões e vertentes políticas, tudo beira o caos por conta das diferenças absurdas que nasceram entre os povos. No entanto, tal situação — caótica para os homens de bem — é completamente propícia aos inimigos de Deus, que dela se aproveitam para se fortalecer e iniciar os primeiros movimentos que darão início à maior batalha de que se tem notícia, revelada no Apocalipse desde o começo dos tempos: o Armagedom.

 

Quando recebi da editora Danprewan essa coleção fiquei muito empolgado por ter nas mãos uma série nova e que prometia ser promissora. Outro fato que me chamou a atenção foi a pouca quantidade de páginas de cada volume e do formato menor agilizando ainda mais a leitura.

 

O livro começa num clima sombrio e conspirativo entre os membros da "Ordem", que quer implementar a nova ordem mundial, mas ainda não sabem como fazê-lo, até que um agente da organização, o agente 000666, por nome Imanuel se destaca e é escolhido por Lúcifer para ser seu representante na terra.

 

Vemos também, brevemente, a inserção das personagens Stephen e Sabrina, Cammy e Ken. Dois casais. O primeiro cristão; o segundo não-cristão. Stephen passa a trabalhar numa emissora de televisão e a chefiar Cammy e Ken. Este último é convencido que é ele mesmo o centro do universo e vê o cristianismo como a religião do ódio e engano.

 

O 3º núcleo descrito nesse primeiro livro é o mundo sobrenatural, onde anjos e demônios batalham. Foi nesse núcleo que achei que a narrativa se perdeu totalmente, pois nunca li antes coisas parecidas, em relação aos anjos, como li nesse livro, principalmente com relação à oração. Os guerreiros de Deus são retratados como detentores e um arma curiosa, presa ao cinto, que aprisiona os demônios e são capazes de desintegrá-los, enviando-os para um lugar onde permanecerão até o julgamento final. Outra curiosidade que me fez rir e também a minha esposa, quando li para ela, foi os fatos relacionados às orações dos justos ou santos. Nessa ficção é descrita uma ACO (Agência Central de Oração), que existe no céu. Lá há um sistema onde são inseridas as orações. Quem leva as oração até lá são os anjos da guarda de cada pessoa. Porém... Tchan! Tchan! Tchan! O inimigo conseguiu construir um sistema que acaba sugando cerca de 10% das orações para um tipo de buraco negro...

 

Meu Deus! Nunca tinha ouvido falar de tecnologia no mundo espiritual!!

 

Isso são coisas da ficção. E que fique bem claro, isso é fruto de imaginação.

 

Não concordei com esse tipo de ideia ou visão e por isso achei esse primeiro volume muito aquém do que poderia ser. Os personagens não me cativaram. O livro não me cativou, mas serviu para me mostrar mais uma visão (hilária) do mundo sobrenatural.

 

Espero que o 2º volume seja melhor.

 

Próximo volume da série: A profecia verdadeira.

 
PARA ADQUIRIR ESSE LIVRO OU A COLEÇÃO COMPLETA ACESSE O SITE DA EDITORA DANPREWAN: http://www.danprewan.com.br/

terça-feira, 28 de dezembro de 2010

O prazo para se inscrever no sorteio do livro está acabando!!!

AMADOS!!
Para quem não se atentou ainda...
 
As incrições para o sorteio do livro "Acontece a cada Primavera", de Gary Chapman e Catherine Palmer termina SÁBADO (dia 01/01/2011)!
Quem não se inscreveu até agora, corra se insira nesse sorteio, ok? Estou contando com o máximo de pessoas participando. Tenha fé que você vai ganhar!!!
Para participar:
 
  • Seja seguidor do blog Ficção Evangélica;
  • Preencha o formulário;
 
e, se quiser ganhar pontos extras no sorteio, divulgue o sorteio no twitter ou facebook (e não se esqueça de preencher o formulário de novo com o link [não do nosso endereço, mas da postagem no seu twitter ou facebook]).
 
UM ABRAÇO A TODOS!!!


DICA: Antes do Éden - Mark Littleton

Com tantos livros sobre anjos e envolvendo anjos atualmente, trago uma dica sobre a "história" ocorrida antes da criação do Édem, quando houve a rebelião nos céus e a terça parte dos anjos caíram. Um livro que parece explorar bem esse acontecimento com engenhosidade.
 
SINOPSE: Antes da criação da terra, o reino de Deus é de paz e tranquilidade. Mas Aris, um anjo músico recém-criado, e seus amigos, Rune e Tyree, percebem que havia sabotagem no reino. Os anjos falam todo o tempo da necessidade de unidade, como se ela já não existisse. É descoberta uma loja subterrânea, onde armas e não instrumentos musicais são fabricados.
Lúcifer, conselheiro e coordenador fiel do reino, parece estar atraindo os anjos para o seu lado, em uma conspiração para derrubar Deus! Por que um Deus onisciente e onipotente permitiria que essas coisas acontecessem? Por que Ele não detém a rebelião? À medida que o mundo celestial se move para a divisão irrevogável, Aris e seus amigos precisam decidir a quem se manterão leais. Antes do Éden é uma história de tentações, dúvidas e temores que até os anjos devem combater enquanto lutam para conservar a fé.
 
FICHA TÉCNICA
Editora: Candeia
ISBN: 85-7352-120-1
Páginas: 277
Formato:14X21
Acabamento: Brochura
Autor: Mark Littleton

ALGUÉM JÀ LEU ESSE LIVRO? Comente.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

RESENHA: As Crônicas De Nárnia, V.4 - Principe Caspian

 

SINOPSE:

Tempos difíceis abateram-se sobre a terra encantada de Nárnia. Os dias de paz e liberdade, em que os animais, anões, árvores e flores viviam em absoluta paz e harmonia, estavam terminados. O Príncipe Caspian, herdeiro legítimo do trono, decide trazer de volta o glorioso passado de Nárnia.

 

Comecei a ler esse livro por querer conhecer a história antes de ver o filme (que ainda não vi). Para minha satisfação achei-o melhor que "O LEÃO, A FEITICEIRA E O GUARDA-ROUPA". Ao contrário deste, PRÍNCIPE CASPIAN traz uma linguagem mais adulta e momentos mais dramáticos como reuniões de estratégia de guerra e batalhas mais violentas onde até cabeças são separadas do corpo com golpes mortais de espada.

 

Há algo no livro, no entanto, que causou-me estranhamento: Aslam (figura de Cristo, segundo alguns) envolvido com Baco (o deus do vinho, da ebriedade, dos excessos, especialmente sexuais, e da natureza). Porém, por se tratar de uma história de fantasia, é compreensível o aparecimento de figuras mitológicas e que fazem parte a imaginação humana. 

 

Esse volume de Nárnia fica marcado pelos pequenos e grandes personagens que aparecem na história: os anões Trupkin e Nikabrik, o texugo Caça-trufas e o ratinho Ripchip; o centauro Ciclone, o urso barrigudo e o gigante atrapalhado Verruma. Por mais que o título do livro traga o nome do príncipe, os animais e seres da floresta é que levam o leitor a sonhar e se divertir. Assim sendo, atravo-me até mesmo a dar um novo título à obra, seguindo a mesma linha do outro livro supra citado (que Lewis me perdoe, rsss): O grande rei, o príncipe e os seres encantados.

 

Quem já leu esse livro pode deixar seus comentários, por favor.

 

Ficha Técnica:

As Crônicas De Nárnia, V.4 - Principe Caspian
Autor: LEWIS, C. S.
Tradutor: CAMPOS, PAULO MENDES
Editora: WMF MARTINS FONTES
Edição: 2003
Páginas: 215

 

Links:

COMPRE ESSE LIVRO CLICANDO AQUI

Página desse livro no Skoob

sábado, 25 de dezembro de 2010

FILME/CURTA: Filme Brasileiro "Não Me deixe de Deixar" assista online!

 

A produtora Brasileira 4UFilms é formada por um grupo de cineastas cristãos, como Miguel Nagle autor de mais de 20 curtas-metragens e Luan Felipe, formado na escola de cinema Livre. Eles lançaram o seu primeiro curta-metragem que pode ser assistido online. O Cinema Cristão analisou produção e já alerta, a filmagem, fotografia e trilha sonora são impressionantes, o enredo é criativo e impactante, um filme realmente cristão que ira tocar muitas vidas, nota 10.

 

Sinopse: Um homem tem sua vida passando perante seus olhos. Em "Não Me Deixe Te Deixar", você vai conhecer Carlos, um homem que não encontrou nenhuma saída para sua triste situação, então vai ao último lugar que ainda lhe abre as portas, sua igreja. Viaje com ele pelos cantos de sua memória e junto com Carlos, tome uma decisão.

 

Leia a ficha técnica:

Título : Não Me deixe de Deixar
Direção: Miguel Nagle e Luan Felipe
Gênero: Drama
Duração: 14:51 min
Origem: Brasil
Ano: 2010
Tipo: Curta
Site: www.4ufilms.com/naomedeixetedeixar

[ Assista Online abaixo: ]

 

Não me deixe te deixar from 4U Films on Vimeo.

 

Fonte: www.cinemacristao.com

sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

RESENHA: Filme "Num piscar de olhos"

Logo no começo do filme me deparei com um pequeno problema: a dublagem. Parece que os dubladores começaram a se envolver no filme e se soltaram aos poucos (pelo menos foi isso que achei), mas ainda assim, comprometeram o brilho do filme. Creio que apenas isso levou um ponto negativo em minha análise, já que o resto do filme deve meu aplauso.

Estará correto quem disser que não sou crítico de cinema, mas a vastidão de filmes que já assisti pode pesar um pouco nas minhas formulações de ideias. Pena que sou novo nesse negócio de escrever resenhas, mas quem sabe vou me aperfeiçoando. Vamos aos pontos positivos.

 

O enredo é bacana. Dois policiais. Um é cristão e o outro apenas acredita que um Deus exista. Salvam uma cantora famosa e são convidados para um passeio no barco luxuoso da cantora e seu produtor musical. Lá, ocorre o arrebatamento. Mas logo o policial que é deixado para traz começa a perceber que algo de muito errado e intrigante está acontecendo.

Devo aplaudir a interpretação de David A. R. White (ator em vários filmes gospel), que, ao contrário da maioria dos atores do filme, parece já estar acostumado com as câmeras. Igualmente admirei a atuação do parceiro dele, bem focado e natural. Vale ressaltar a participação de Eric Roberts. Foi bom vê-lo atuar num filme que trate do arrebatamento, mas fica a dúvida se ele é convertido ou não na vida real. Se a história conta para sua transformação de vida ou consta apenas como mais um trabalho de atuação. Que bom que esses atores de renome que fizessem parte de um filme desses declarassem que sua vida é do Senhor Jesus.

 

A mensagem do filme é bem forte: entregue sua vida a Jesus e o confesse como o Senhor e Salvador de sua vida. Apenas crer em Deus não basta, pois o diabo também crê em Deus, mas não tem compromisso com Ele, nem parte no seu reino. Vemos isso claramente no filme. Quem assisti-lo poderá notar essa mensagem. O final é emocionante e deixa aquela sensação de que em breve Ele vem e isso não há como negar. Devemos estar preparados, pois pode ser quando menos esperar, quando o bip do seu relógio tocar. Bip! Bip! Bip!

 

Há algo que deveria dizer que não concordo no enredo. Mas não vou revelar, pois posso quebrar as surpresas do filme.

 

Recomendo o filme.

 

PS: Quem já assistiu pode deixar suas impressões nos comentários. Só tenha o cuidado de não escrever spoilers, por favor.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

A todos um Feliz Natal!

 
Hoje, eu, Naasom A. Sousa, quero antecipadamente desejar a todos os seguidores e visitantes desse blog um feliz Natal.
 
Que todos possam ser tocados não pelo que estão chamando de "espírito natalino", mas pelo Espírito Santo de Deus, e possam render louvor, não ao menino que um dia nasceu, mas ao Rei Jesus que vive e reina para sempre. Que todos possam amar o próximo não apenas nesses momentos de fim de ano, mas em todos os dias dos próximos anos que virão.
Que sua família tenha paz e seja feliz, e que a união seja inquebrável entre os membros de sua casa e sua com o Senhor.
 
Um abraço a todos.

Naasom A. Sousa

Fundador e administrador do blog.

Nova série de ficção apocalíptica lançada no Brasil: COLEÇÃO O FIM DO MUNDO, da editora Danprewan


A editora Danprewan (www.danprewan.com.br) lançou esse ano uma coleção de cinco livros que narram a história do fim do mundo, na visão do autor Jonathan Cash. Uma história de intrigas e suspense que já começa apresentando Immanuel, que aparentaser o anticristo escolhido para dominar o mundo (agente 000666). O que se segue são acontecimentos que irão estarrecer o mundo.
 
A coleção é composta por 5 volumes: O Despertar da Escuridão, A Profecia Verdadeira, O Mergulho no Abismo, As armas do Anticristo, O Juízo Final.
 
As sinopses dos volumes:
 
COLEÇÃO O FIM DO MUNDO Vol. 1 - O despertar da escuridão
Neste primeiro volume da série, O despertar da escuridão, temos um planeta muito diferente daquele que hoje conhecemos.  As nações estão divididas entre várias etnias, religiões e vertentes políticas, tudo beira o caos por conta das diferenças absurdas que nasceram entre os povos. No entanto, tal situação — caótica para os homens de bem — é completamente propícia aos inimigos de Deus, que dela se aproveitam para se fortalecer e iniciar os primeiros movimentos que darão início à  maior batalha de que se tem notícia, revelada no Apocalipse desde o começo dos tempos: o Armagedom.

COLEÇÃO O FIM DO MUNDO Vol. 2 - A profecia verdadeira
Neste segundo volume da série, A profecia verdadeira, o caos econômico e social se instala em todas as nações a partir da incompreensível queda das bolsas de valores, que inicia um desastroso efeito cascata na economia mundial. Ao mesmo tempo, o anticristo finalmente mostra sua face à humanidade. O mais assustador, porém, é que ninguém desconfia de nada e todos o recebem, erroneamente, como um homem de Deus — que ele, infelizmente, na verdade não é.

COLEÇÃO O FIM DO MUNDO Vol. 3 - O mergulho no abismo
Neste terceiro volume da série, O mergulho no abismo, os hostes do mal se levantam, instituindo a Federação Mundial e a Igreja Mundial, mas o verdadeiro objetivo dessas ações é colocar o mundo e a humanidade sob o controle dos espíritos infernais, abandonando Deus para sempre. O Anticristo e o Falso Profeta surgem nesse cenário como aqueles que trarão de volta o equilíbrio, mas a verdade é completamente oposta e os dias de sombra começam a existir.

COLEÇÃO O FIM DO MUNDO Vol. 4 - As armas do Anticristo
Neste quarto volume da série, As armas do Anticristo, as mentiras e as falsas promessas das falanges malignas contaminam o mundo de tal forma que, aqueles que ainda se mantêm fieis a Deus precisam se esconder a qualquer custo pois os demônios são astutos e sabem ler nos olhos de cada um a quem realmente desejam servir. Mas, apesar do mal, o povo de Israel se reúne, fortalecendo a luz que começa a nascer no horizonte.

COLEÇÃO O FIM DO MUNDO Vol. 5 - O juízo final
Neste quinto volume da série, O juízo final, as forças hostis que governam o mundo submissas ao Demônio começam a se desentender entre si, levados pela vaidade, pelo orgulho e pela ira. Em contrapartida, anjos e arcanjos, sob a égide divina, reforçam suas armas pois sabem que a maior batalha entre o Bem e Mal vai começar: o Armagedom.

Para conhecer mais sobre a coleção e adquiri-la, acesse o site da Editora Daprewan.

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Novo grupo no Skoob: LEITORES DE FICÇÃO EVANGÉLICA

Olá a todos, decidi acrescentar mais uma opção para os visitantes e seguidores do blog FICÇÃO EVANGÉLICA: Um grupo de leitores de ficção evangélica no SKOOB (portal de estantes de leitura). Não sabe o que é o Skoob? Leia aqui.
 
Nesse grupo, todos podem dar sua opinião sobre os livros que estão lendo, escrever as novidades, deixar seu recado, postar os livros que querem trocar, etc...
É um local onde poderemos nos comunicar mais livremente. Para quem gosta de grupos, ajude-nos a montar esse e fazer dele um sucesso. Já postei dois tópicos e espero que todos participem e criem os seus próprios.
 
O nome do grupo é Leitores de Ficção Evangélica
O link é: (http://www.skoob.com.br/grupo/1519-leitores-de-fic-o-evang-lica)
 
Minha estante no Skoob: http://www.skoob.com.br/estante/livros/todos/161613
 
Para participar tem que estar cadastrado no Skoob e aderir ao grupo, ok?

Grande abraço e espero a participação de todos.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

RESENHA: ViVer seM DeUs é UMA BagUnÇa - Wilson Soares Cardoso (Ed. NAÓS)

 ViVer seM DeUs é UMA BagUnÇa

Autor: Wilson Soares Cardoso

Editora: Naós

Pags.: 199

 

Sinopse:

No livro ViVer seM DeUs é UMA BagUnÇa, de Wilson Soares Cardoso, conheceremos a família Oppositum, e traz os personagens: Seu Epifânio, Dona Rosemeire, Marcelo, Diego, Bruna, tia Tina, tio Abelardo e Dona Mauralívia. Você acompanhará os integrantes dessa família por três dias e verá que nunca se entendem. Brigas, traições, tristeza, choro, irresponsabilidade, falsidade, hipocrisia, decepção, falta de amor... O que uma família sem Deus pode viver você encontrará nesse livro. Você vai rir, se emocionar e aprender um pouco mais sobre a prática da vida cristã.

 

-----------------------------------

 

 

Recebi esse livro da Editora Naós e fiquei muito feliz em observar que essa editora tem dado importância à ficção evangélica. Já foram 3 obras publicadas, entre elas esse título de Wilson Soares Cardoso. Como falei numa postagem anterior, onde apresentei previamente a obra, a capa é muito atraente e alegre, com cores vivas e com o título em alto-relevo, demonstrando já um ar de descontração e, de certa forma, comicidade dentro do texto.

 

De fato, encontramos dentro do enredo situações engraçadas e inusitadas, que nos faz refletir muito acerca do que pode acontecer na vida de uma família que não segue a Deus (ou pensa que segue). Esse, aliás, é o foco central do livro.

 

Interessante notar o início de cada capítulo: "Essa história tomaria outro rumo se os Oppositum conhecessem e praticassem a palavra de Deus que diz em..." aí vem um versículo que se encaixa perfeitamente à situação vivida pela família naquele momento. Foi algo criativo.

 

Creio que, além de trazer novidades, tenho que ser também crítico da mesma forma que tenho de ser sincero. A história é interessante; o final também é fora do comum, diferente do já batido "e viveram, felizes para sempre"; os personagens também são comuns e fácil de reconhece-los em alguns membros da família ou conhecidos (do passado ou presente).

 

Algo que deixou a desejar, a meu ver, foi a fluência da escrita. O autor abusou da linguagem coloquial e em alguns momentos isso incomodou um pouco, apesar de eu ter ciência que essa é a linguagem usada comumente nas comunidades mais carentes. Isso nãoquer dizer que a narrativa deva ser conduzida toda nesse estilo, concordam?

 

Apesar disso, o livro ViVer seM DeUs é UMA BagUnÇa traz uma história que vale a pena ser lida e compartilhada com pessoas que não vivem segundo a Palavra de Deus.
 
Para adquirir esse livro CLIQUE AQUI.

sábado, 18 de dezembro de 2010

CURIOSIDADE: Concurso escolhe melhor filme cristão

Um versículo bíblico deve ser usado como tema principal do filme.

Cineastas cristãos de todo o mundo estão sendo desafiados a criar um filme em sete dias sobre o seguinte tema: “Segunda Chance”. O projeto denominado como “168 Hour Film Project” oferecerá ao vencedor um prêmio que varia de U$10 mil a U$20 mil, dependendo das doações. Serão oferecidos também outros prêmios para filmes artístico e técnico.

Nos últimos oito anos, a concorrência mundial tem sido um desafio para os cineastas que têm que produzir filmes em torno de temas bíblicos e funcionais.

Desde que a competição começou em 2003, os organizadores têm anexado versículos da Bíblia para serem distribuídos entre os participante das equipes. O versículo bíblico de cada equipe é projetado para servir como o principal foco da produção do filme de 11 minutos.

Os organizadores do projeto esperam mudanças na estrutura dos meios de comunicação e a melhora na mensagem para as gerações futuras. "Fazemos isso por equipar novos cineastas profissionalmente e espiritualmente. Ao moldar esses contadores de histórias, estamos mudando Hollywood, que é indiscutivelmente a maior influência humana sobre o mundo", disse John D. Ware, fundador e presidente da 168 Hour Film Project.

Após serem submetidos ao júri, os filmes passam por algumas fases de julgamento, onde são reduzidos para 100, 80 e depois 20.

O 168 Hour Film Project está aceitando inscritos para o festival de cinema 2011. As equipes participantes terão apenas uma semana para criar a sua curta-metragem. As datas de início de filmagens de ambas as equipes nacionais e internacionais estão agendados para 17 e 18 de fevereiro às 11 horas.

Participar do projeto significa que o cineasta pode ter um futuro promissor para, a julgar pelos filmes apresentados ao longo dos anos. “A maior diferença visual é a qualidade da produção”, afirma Paul E. Luebbers, o diretor-executivo.

Os filmes serão exibidos nos dias 01 e 02 abril de 2011, no Alex Theater, em Glendale, Califórnia Os prêmios são atribuídos no segundo dia.


Fonte: ChristianPost
Via: TELE-FE.com

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Seja um seguidor do Blog Ficção Evangélica [fE]

Seja um seguidor do nosso blog

Amados, creio que muitos já sabem, mas é sempre bom explicar: é importante que o número de seguidores do nosso blog seja considerável. O motivo é simples: pessoas nos seguindo é igual a pessoas atingidas por nossos textos.

 

Aqueles que desejam ser parceiros do nosso blog visa atingir nossos amigos e seguidores, por isso quantos mais tivermos pessoas nos seguindo mais visado nosso blog será, teremos consequentemente mais promoções, mais sorteios e mais parcerias. Ajude-nos. Se você não é seguidor do blog Ficção Evangélica ainda, cadastre-se no barra lateral da nossa página. No momento (16/12) temos 128 seguidores. Tenho absoluta certeza que temos condições de alcançar (no mínimo) o dobro disso.

 

Peço a colaboração de todos. Siguam nosso blog.

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

NÁRNIA: O 3º Filme nos cinemas

Crônicas de Nárnia 3 168x250 O Leão, o evangelho e o terceiro filme da série Nárnia de C.S. Lewis no cinema

 

O Leão, o evangelho e o terceiro filme da série Nárnia de C.S. Lewis no cinema.

 

A performance mediana da bilheteria do terceiro filme da série Nárnia neste fim de semana de estreia mundial nos cinemas (e o pouco interesse despertado pelo segundo filme “Príncipe Cáspian”, após o sucesso estrondoso do primeiro, “O Leão, A Feiticeira e o Guarda-Roupa”) revela o problema que o projeto vem enfrentando, com resultados abaixo de sua expectativa original. Segundo a imprensa especializada, “a Fox espera a resposta deste terceiro para liberar a produção dos seguintes, ou não”.

 

A crítica fala ainda de uma excessiva atitude “catequizante” do anglicano C.S. Lewis. Antes, o fracasso de Caspian fez a produção mudar de mãos, da Disney para a Fox, e de diretor, que, agora é o britânico Michael Apted, que fez modificações no texto original que, inicialmente, desagradaram alguns dos familiares de Lewis.

 

Mas, por tudo isso, e para ter assegurada a manutenção da série, o filme “As Crônicas de Nárnia: A viagem do Peregrino da Alvorada” merece, ainda mais, nossas orações e assistência: merece ser visto, especialmente, por cristãos sensíveis à excelência artística e literária e comprometidos com a pregação do Evangelho. E o que para muitos é negativo, para os cristãos é estratégia: levar o público a entender os simbolismos bíblicos por trás da trama cinematográfica é uma boa maneira de evangelizar no mundo moderno.

 

Fonte: Agência Soma

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

DICA: Filme A Armadilha (Caught) - COMEV

Uma das maiores distribuidoras de filmes evangélicos do Brasil, a COMEV, está lançando novo título para este final de ano:

Filme A Armadilha (Caught)
Sinopse: Aos 18 anos Tim Devon descobre que é filho ilegítimo, Tim sai de casa à procura de seu verdadeiro pai, com apenas pistas de um nome e a cidade de Amsterdã como referências. Na Cidade, longe de família e amigos, Tim se envolve no mundo perigoso de drogas, prostituição e roubo. Mas uma pessoa começa se importar com ele, uma pessoa diferente. Mesmo sendo de mundos diferentes, uma grande amizade é construída nas Dificuldades, Momentos de perigo, desespero e grande aflição que enfrentam.
 
Se você já assistiu poste seu comentário.

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

RESENHA: Acontece a cada primavera (Gary Chapman / Catherine Palmer)

Acontece a cada primavera

 

FICHA TÉCNICA:

Autores: Gary Chapman / Catherine Palmer

Páginas: 299

Editora: Mundo Cristão

Ano: 2010

 

 
SINOPSE: Steve não a procura mais, não presta atenção ao que ela diz. Brenda já não anseia por sua volta ao fim do dia. Um romance sem futuro. um casa mento chegando ao fim. O longo e tenebroso inverno das relações parece instável. Em meio a uma forte tempestade, surge Cory, um andarilho desconhecido. Ele parece destinado a trazer problemas a um casamento já conturbado. Poderia um homem jovem, desgrenhado, de jeans e camiseta ser a solução para um relacionamento enfadonho? Seria a primavera de emoções voltando à vida de Brenda? O estranho era o motivo que faltava para a vizinhança se alvoroçar. Também o estopim para implodir uma série de crises em casamentos aparentemente perfeitos. Haverá salvação para os moradores de Deepwater Cove? (Retirada da contra-capa)
 
 
Quando peguei esse livro em minhas a primeira coisa que pensei foi: "Puxa, que capa maravilhosa!" De fato, poucas vezes vi uma capa de cores tão vivas e atraentes, que remetem à simplicidade da vida nas pequenas cidades americanas (eu gosto muito de ler histórias que se passam em lugares assim).

 

O trabalho gráfico em si está muito bom, e quanto aos erros de ortografia (esse comentário vai para a Cíntia Mara. Rsss), só encontrei dois: um ponto final faltando numa certa frase e um sobrenome trocado (em vez de Hansen estava Jansen). Vamos então à história:

 

Sabendo que Gary Chapman é um escritor que trata de relacionamentos e Catherine Palmer uma escritora de romances, não esperei nada mais do que uma trama de desencontros e encontros, onde as brigas no final dão lugar ao amor e perdão. De fato vemos esses elementos no livro, mas a forma como são revelados tornou-se novidade para mim e esse fato foi graças a um personagem chamado "Cody", um rapaz que sofre de distúrbio mental, mas é doce, sincero, ingênuo e cristão. Cody traz uma simplicidade e emoção tão grande à história, que cheguei a rir e me emocionar algumas vezes, principalmente ao ler uma carta que ele trazia no bolso. Que carta é essa? Surpresa!

 

O enredo conta praticamente três histórias que se cruzam: a de Brenda e Steve, um casal em crise; a de uma cabeleireira que adora conversar com seus clientes, ouvir-lhes e falar-lhes a respeito do amor de Deus, mas há algo que a tira do sério: um homem barbudo que tem uma loja de ferramentas ao lado de seu salão de beleza e que insiste em aborrecê-la; e a de Cody. Não posso dizer de qual personagem mais gostei, mas Cody realmente me cativou de uma forma inexplicável. Creio que cada um que ler essa história também vai sentir o mesmo.

 

O fato, é que encontramos em ACONTECE EM CADA PRIMAVERA não apenas um romance para passar o tempo, mas lições de vida para quem é casado, para quem pretende casar ou para quem apenas quer saber o que um cristão deve fazer em situações adversas em sua própria vida ou na vida do próximo. Já li ficções que falam sobre a vida cristã antes, mas nenhum se revelou tão claro em sua mensagem de amor e esperança do que diz respeito à vida a dois e no compartilhar do pão.

 

RECOMENDADÍSSIMO!

 

Sabendo que esse é apenas o primeiro de uma série de quatro livros, espero que todos possam ter a oportunidade de lê-lo, se encantar com seu conteúdo e esperar, assim como eu, pelos próximos títulos.

 

Para quem deseja participar do sorteio de um exemplar do livro ACONTECE EM CADA PRIMAVERA, ainda dá tempo de se inscrever na promoção oferecida pelo nosso blog em parceria com a Editora Mundo Cristão. (CLIQUE AQUI E PARTICIPE!)

 

Para quem não quer esperar o sorteio e deseja adquirir já seu exemplar, CLIQUE AQUI e COMPRE no site da Editora MUNDO CRISTÃO.

 

Grande abraço a todos.

sábado, 11 de dezembro de 2010

CINEMA: Confira algumas versões de “Jesus Cristo” no cinema

 

Estudos mostram como o personagem mais importante da era cristã deixou de ser apenas um ícone sagrado e ganhou várias facetas ao migrar para o cinema.

Jesus Cristo passou quase dois mil anos como monopólio de padres e pastores. A essas pessoas cabia a reprodução de episódios de sua trajetória aqui na Terra. Até que um dia o cinema ligou seus projetores e o homem mais importante da cultura ocidental deixou de ser exclusividade dos religiosos. Foi então que a figura do diretor de cinema o despregou do posto de ícone intocado, sagrado, e o colocou na vitrine como um personagem de carne e osso, sujeito a todos os problemas humanos. Cada vez mais afastado de seu significado transcendental, passou a ser retratado como palhaço, adolescente irritadiço, sofreu com dramas existenciais e se contrapôs a Deus (leia quadro ao lado.), só para citar alguns roteiros. Não foi tranquila essa mudança, pelo contrário. Os cineastas conquistaram a duras penas a liberdade para retratar Jesus sem amarras.

O impacto da disputa entre o Jesus catequizado pela Igreja e o comercializado pelos estúdios vem sendo analisado pelo historiador André Chevitarese, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), que confecciona um livro sobre o tema a ser lançado em 2011. “Aquela imagem chapada de Cristo, relatada por padres ou descrita pelos Evangelhos, ganhou movimento com o cinema. Foi assim que aprendemos com quem ele conversava, o tom de sua voz, a cor de sua barba, o que comia e onde morava”, diz Chevitarese. Com Jesus nas mãos de roteiristas, homens e mulheres, com crenças diversas e até ateus, não tardou para que grupos religiosos tentassem frear a exploração de sua imagem.

Entre 1915 e 1945, o parlamento inglês, sob pressão de fundamentalistas cristãos, proibiu as produções cinematográficas de exibir cenas frontais de Cristo. Nos Estados Unidos, Holly wood também cedeu ao lobby da Igreja e assinou um acordo semelhante que durou de 1932 até o início dos anos 1960. Nele, ficou estabelecida a criação de uma comissão responsável por fazer uma espécie de censura prévia das películas. Em “Ben-Hur”, épico de 1959, por exemplo, há apenas uma cena de Jesus Cristo – e nela ele está de costas.

Durante pouco mais de três décadas, portanto, o filho de Deus foi obrigado a deixar o posto de popstar da indústria. Histórias romanceadas que gravitavam ao seu redor passaram a ser produzidas, principalmente nos anos 1930, 1940 e 1950. Ao retornar à cena principal em 1961, com o lançamento de “Rei dos Reis”, viu-se sujeito a todo tipo de interpretação de sua trajetória.

É o que afirma o historiador Luiz Vadico, que acaba de lançar o livro “Filmes de Cristo – Oito Aproximações” (editora a Lápis). “Desde o casamento com Maria Madalena e outras duas mulheres, e ser pai, até ser esquartejado vivo por Mel Gibson”, diz o professor, referindo-se aos filmes “A Última Tentação de Cristo” (1988), de Martin Scorsese, e “A Paixão de Cristo”, de 2004, dirigido pelo famoso ator americano.

Ligado ao grupo de pesquisa sobre religião e sagrado no cinema e no audiovisual do mestrado em comunicação da Universidade Anhembi-Morumbi, Vadico examinou a produção cinematográfica cristológica entre 1895 e 2004 para sua tese de doutorado, defendida na Universidade de Campinas, em 2005. Segundo ele, são 21 os principais filmes sobre a vida de Cristo. Essa espécie de teologia feita pelos diretores de cinema alterou sensivelmente o imaginário das pessoas. “Hoje, o público não possui uma imagem unívoca de quem seja Jesus”, afirma ele. No Brasil, “Maria, Mãe do Filho de Deus”, produzido pelo padre Marcelo Rossi, foi o que mais se aproximou de um filme de Cristo, apesar de não focar especificamente a vida dele. Nessa produção, o Nazareno retratado remete à imagem cultivada pelo brasileiro: a de um povo cordial. “Mostro Jesus dançando e se surpreendendo com suas manifestações divinas. É mais próximo ao homem”, conta o diretor Moa cyr Góes. É mais uma das várias interpretações construí das sobre a vida Cristo.

PELAS LENTES DOS DIRETORES:
Algumas versões de Jesus Cristo no cinema:


O diretor de “Rei dos Reis”, Nicholas Ray, foi acusado por católicos de criar um Cristo americano. Lançado em 1961, após duas grandes guerras, o embate entre o bem e o mal é personificado por Jesus e Barrabás


ADOLESCENTE: O Cristo retratado por Norman Jewison, em 1973, em “Jesus Cristo Superstar”, se enerva toda vez que alguém discorda dele. Além de egocêntrico, é contrário às vontades de Deus. É a antítese do que os Evangelhos ensinam sobre Jesus


PALHAÇO: Jesus aparece caracterizado de palhaço em “Godspell”. O filme de David Greene, de 1973, varia entre o sério e o ridículo. Mas é inocente e parece ser direcionado ao público infantil


PSICÓTICO: Covarde e indeciso, o Jesus de Martin Scorsese sempre necessita de alguém para ampará-lo. É com esse Cristo, fraco e neurótico, que Maria Madalena se casa em “A Última Tentação de Cristo”, de 1988


CORDEIRO DE DEUS: A imagem do servo sofredor, daquele que suporta a dor e a humilhação para eliminar os pecados do mundo, é explorada em “A Paixão de Cristo”, de Mel Gibson, de 2004, e “Gólgota”, assinado por Julien Duvivier, em 1935

Fonte: Revista IstoÉ
Via: Folha Gospel / GospelPrime
Colaboração: TELE-FE.com.br

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

CURIOSIDADE: Livros de Frank Peretti não lançados (ainda) no Brasil


Autores cristãos

Não é segredo nenhum que meu escritor preferido é Frank Peretti. Infelizmente não encontramos todos os seus títulos aqui no Brasil. Só por curiosidade trago os livros que ele publicou lá fora e não saíram por aqui.

  • Os dois livros Veritas Project - Hangman's Curse e Nightmare Academy
  • Monster (só a título de curiosidade: faz tempo que ele publicou esse livro - 2005 - e no formato com papel mais inferior está saindo a $2,99!)
  • Comes a Horseman
  • The Visitation
  • The Wounded Spirit
  • Illusion (o mais recente)
E mais quatro livros das aventuras da família Cooper (5º ao 8º volume) - Aqui no Brasil saiu apenas os 4 primeiros.
São os "novos" livros:
•The Cooper Kids Adventure Series #5: The Secret of the Desert Stone
•The Cooper Kids Adventure Series #6: The Deadly Curse of Toco-Rey
•The Cooper Kids Adventure Series #7: The Legend of Annie Murphy
•The Cooper Kids Adventure Series #8: Mayday at Two Thousand Five Hundred

A Editora Vida foi quem publicou mais livros do Peretti. Infelizmente não vi mais nenhuma novidade desse escritor depois de "O fim do Jogo", espero que ele lance outro livro logo e, é claro, saia por aqui. Caramba! Como eu queria poder todos ler esses livros!

Alguém já leu algum desses livros em inglês?

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

RESENHA: Além do Planeta Silencioso [Trilogia Cósmica 1] - C.S. Lewis

COMPRAR NA LIVRARIA CULTURA

 
 

SINOPSE:

Este é o primeiro livro da Trilogia Espacial. O protagonista destes livros é Ransom, um professor de Filologia, que pode ser considerado uma homenagem ao amigo de Lewis, J R R Tolkien (também filólogo).

 

Neste primeiro livro, Ransom é raptado por dois cientistas e levado cativo para Malacandra (Marte, na nomenclatura dos seus habitantes), a fim de supostamente ser oferecido como sacrifício humano ao Oyarsa, o governante daquele mundo. Na verdade, o Oyarsa é um servo de Maleldil, o único Criador. Além de uma fantástica narrativa de ficção científica, Além do Planeta Silencioso é repleto de conteúdos filosóficos e teológicos, os quais são apresentados por Lewis no decorrer da história.

 

-----------

 

Depois de ler toda a saga Crepúsculo, senti-me desafiado a ler algo mais denso e que me levasse a pensar um pouco. Escolhi então “Além do Planeta Silencioso”, por entender que Lewis sempre quer dizer mais do que está explícito no texto e nos leva e refletir sobre o mundo espiritual. De fato foi isso que encontrei nesse livro.

 

Nos primeiros capítulos não achei nada demais, mas não demorou muito para que eu encontrasse no texto aquilo que procurava. Através das personagens, Lewis revela as coisas espirituais muito mais até do que em Nárnia (talvez não, mas de uma forma mais profunda).

 

Vemos o personagem principal diante de um planeta inexplorado e de seres nunca antes vistos pela raça humana (a não ser por dois cientistas ambiciosos). Esses seres parecem ser irracionais, mas logo se percebe que têm inteligência como o homem. Sua cultura é diferente e sua visão da vida se difere totalmente da tida pelos terráqueos. Naquele lugar há o respeito, o compartilhar, o companheirismo, a necessidade de viver com o próximo e, principalmente, “existir com o propósito de viver a vida até o fim de seus dias”, pois ali se vive até morrer de velhice, pois ninguém mata ao outro por vingança, cobiça ou outros sentimentos do “homem”.

 

Podemos entender que isso ocorre por causa de Oyarsa, uma autoridade (ou rei) que governa aquele lugar com a sabedoria dada por Maleldil, aquele que criou todos os “hnaus” (seres pensantes). Ao contrário do que acontece em Malacandra, vemos que em Thulcandra (Terra) não ocorre isso, pois o Oyarsa desse planeta (que se rebelou contra Maleldil), é mau e corrompeu o homem terráqueo.

 

Essas são só algumas partes do livro que podemos notar claramente a intertextualidade bíblica. Não cabe a mim dizer outras coincidências com o cristianismo, pois creio que cada um pode ver – para mais ou para menos – as referências do livro sagrado implícitas em toda a extensão do livro.

 

Não posso e nem vou revelar o que acontece com Ransom e os cientistas mau intencionados; apenas recomendo aos apreciadores da boa leitura que descubram por si só.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Sucesso em mais uma etapa da vida

Ontem 07/12/2010 aconteceu minha defesa do TCC (trabalho de conclusão de curso) de Licenciatura plena em Letras [ENTRE PRÁTICAS E REPRESENTAÇÕES: LEITORES DE PARAGOMINAS]. E Deus nos surpreendeu (à minha parceira de pesquisa, Racqueline Rodrigues e a mim), pois nos sentimos muito firmes e tranquilos na apresentação e recebemos nada menos que NOTA 10 por nosso trabalho!

 

Na noite anterior à defesa recebemos oração do pai da Racqueline, que é pastor da Ass. de Deus. Antes disso, ele nos trouxe uma partícula da Palavra de Deus, contida em Isaías 11:2-3:

 

2  E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do SENHOR.

3 E deleitar-se-á no temor do SENHOR; e não julgará segundo a vista dos seus olhos, nem repreenderá segundo o ouvir dos seus ouvidos.

 

Então oramos e o Senhor derramou seu bálsamo sobre nós naquele momento. A tranquilidade veio sobre nós e a confiança da vitória se instalou em nosso coração. O resultado disso já falei no início dessa postagem.

 

Agora só tenho a agradecer a Deus, à minha esposa, minha filha, meus familiares e todas as pessoas que oraram por mim e me passaram confiança de que a vitória já estava em minha mão (Alan Vieira, obrigado, meu irmão.).

 

Espero que todos sejam ricamente abençoados e tenham sucesso em tudo o que se dispuserem a fazer.

Grande abraço a todos.

domingo, 5 de dezembro de 2010

Alguns livros de Jerry B. Jenkins que (ainda?) não saíram no Brasil - desde 2006

 

Depois de ler a trilogia "O agente" me interessei mais pelo autor supracitado. Gostei muito de seu estilo de narrar e da ação que desenvolve em seus livros. Tive a curiosidade de pesquisar quais os livros desse autor (desde 2006) que ainda não saíram no Brasil. Não são poucos, devo logo informar, mas separei alguns para demonstrar que Jerry é criativo e produtivo, pois ele já lançou muita coisa legal.

 

Though None Go with Me - 2006

From master storyteller Jenkins comes the moving chronicle of one woman's unswerving obedience to God. Born in 1900, Elisabeth LeRoy commits her life to Christ. But her heartfelt decision is tested by two world wars, the Great Depression, and personal sorrow. A remarkable act of faith and grace performed on the stage of history. 304 pages, softcover from Zondervan.

 

"Do mestre contador-de-histórias Jenkins, esta é uma crônica de uma mulher de inabalável obediência a Deus. Nascida em 1900, Elisabeth LeRoy entrega sua vida a Cristo. Mas sua sincera decisão é testada por duas guerras mundiais, a Grande Depressão, e sofrimento. Um notável ato de fé e graça realizada no palco da história."

 

The Youngest Hero - eBook 2009

In this emotional story of parental love, a single mother of a teenage baseball player who exhibits the batting eye of a professional athlete, tries to shield and protect her son from the world of over-zealous scouts, hard-nosed coaches, and money-hungry agents. Guided by his mother's firm and steadfast wisdom and his extraordinary talent, both mother and son make it to the major leagues. In the end, "The Youngest Hero" reveals that when it comes to finding your way in life, a God-fearing mother is more important than God-given talent.

 

"Nesta emocinante história, que aborda o amor maternal, uma mãe de um adolescente, jogador de basebol que está na mira de olheiros profissionais, tenta defender e proteger o filho do mundo, dos treinadores, e do dinheiro tentador oferecido pelos agentes. Orientado pela empresa de sua mãe e a leal sabedoria desta unido ao extraordinário talento dele, tanto mãe e filho caminham para as grandes ligas. No final, "The Youngest Hero" revela que quando se trata de encontrar seu caminho na vida, uma receosa mãe dada por Deus é mais importante do que um talento dado por Deus."

 

Riven - 2009

Raised in a dingy trailer park, Brady Wayne Darby has only a death sentence to show for his sad, sorry life. But when weary man of God Thomas Carey meets this no-account with nothing left to lose, the seismic wave of rebirth and redemption will shake a state---and the nation---to the core!

 

"Vivendo num sombrio trailer, Brady Wayne Darby tem apenas uma sentença de morte para mostrar sua triste, triste vida. Mas quando enfadado homem de Deus, Thomas Carey, o encontra nesta situação com nada a perder, a sísmica onda de renascimento e redenção vai agitar um estado---e a nação---para o núcleo!"

 

The Last Operative - 2011

Jordan Kirkwood wants to go quietly into the sunset. His career as an NSA intelligence officer has taken a significant toll. His two adult children are little more than distant acquaintances. His wife has been patient and supportive, but he knows she has deserved better. That was part of the reason they were going to London. He wanted her to see Europe like a tourist. But that was before he was given intelligence information during the recent mission to Germany. The threat is grave-bigger than 9/11. And the risk is compounded by the fact that someone inside the NSA is involved. The most hidden place in Kirkwood's past will have to be unmasked in order to meet the challenges of this mission.

 

"Jordan kirkwood quer ir para a pôr do sol em silêncio. Sua carreira como um policial de inteligência da ANS tomou-se significativo. Seus dois filhos adultos agora não são mais do que distante conhecidos. Sua esposa tem sido paciente e colaboradora, mas ele sabe que ela tem merecido mais que isso. Isso era parte do motivo que iam para Londres. Ele pretendia que ela visse a Europa como um turista. Mas isso foi antes de lhe darem informações secretas durante a recente missão à Alemanha. A ameaça é grave e maior do que 9/11. E o risco é agravado pelo fato de que alguém dentro da NSA está envolvido. Os lugares mais escondidos do passado de kirkwood terão de ser desmascarados no fim para responder aos desafios desta missão."

 

The Brotherhood, Precinct 11 Series #1 (uma nova série) - Previsão março/2011 nos EUA.

Boone Drake has it made. A young cop rising through the ranks of the Chicago Police department, he has a beautiful wife and young son, a nice starter house, a great partner, and a career plan that should land him in the organized Crime Division within five years-the reason he wanted to be a cop in the first place. Everything is going right, until everything goes horribly wrong.

 

"Boone Drake está progredindo. Ele é um jovem policial em ascensão no departamento de polícia de Chicago. Ele tem uma bela esposa e um jovem filho, uma agradável casa em construção, um grande parceiro, e um plano de carreira que deverá levá-lo à divisão encarregada de combater o crime em cinco anos - o motivo que ele queria ser um polícia em primeiro lugar. Tudo vai bem, até que tudo começa a dar horrivelmante errado."

 

Agora é esperar que alguma editora publique alguns ou todos esses livros por aqui.

Aproveitando esse post, tenho uma pergunta a todos:

 

Qual o melhor livro de Jerry Jenkins que você já leu?

Responda postando um comentário.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Estou curioso: livros de autores americanos por aqui?

Estou curioso
Visitando alguns sites americanos de ficção cristã, sempre me deparo com nomes como Ted Dekker, Frank Peretti, Jerry B. Jenkins, Dee Henderson, Bill Myers e Janette Oke. Esses são escritores de sucesso e já conhecidos por quem consome livros cristãos aqui no Brasil, já que alguns de seus livros já foram lançados por editoras daqui. Entretanto, alguns nomes saltam aos olhos por serem considerados por lá autores de bestsellers, como por exemplo:



Terri Blackstock,
Colleen Coble,
Don Brown,
Karen Kingsbury,
entre outros.



Basta dar uma olhada no nosso post de escritores cristãos americanos conhecidos:AQUI



Algumas editoras seculares já publicaram livros de autores cristãos, como é o caso de William P. Young e Nicholas Sparks.



Eu pergunto: alguém que acompanha o que se produz lá fora sabe se alguma editora brasileira (consciente ou inconcientemente) publicou alguma obra de algum autor cristão americano?

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Agora é a vez dos anjos

anjo azul

 

Há algum tempo enviei para alguma editoras cristãs reclamando do pouco investimento voltado à literatura ficcional por parte delas. Hoje li no blog "Livros só mudam pessoas" uma matéria que saiu na Veja.com, sobre a mania sobrenatural do momento: histórias sobre anjos.

 

Leia a materia aqui.

 

No corpo da mensagem que enviei para essas editoras, relatei que um dos motivos de minha indignação pela falta de incentivo à literatura cristã é exatamente o grande investimento que as editoras seculares aplicam nessas histórias (perigosas, diga-se de passagem) e, de uma forma ou de outra, elas estão espalhando uma visão deturpada do mundo sobrenatural, enquanto os filhos de Deus estão dormindo a esse respeito, em se tratando de literatura fictícia.

 

A reportagem é interessante e merece ser lida, para se ter uma idéia das tiragens e o quanto cada um dos livros venderam, segundo as editoras.

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

CURIOSIDADE: Uma estante diferente

Móvel circular armazena livros e oferece assento confortável para a leitura.

Por Casa e Jardim Online

Estante e assento ao mesmo tempo, esta peça tem a assinatura do designer britânico Thomas Mills. O formato circular permite que o móvel seja movido de um lado para o outro com facilidade. Além de ter nichos para armazenar os livros, a estante tem dois assentos, para que o proprietário se sinta confortável durante a leitura. A peça, que também tem um sistema de iluminação, sai por 6 mil libras.

A estante tem assento confortável para ler os livros

Assento em forma de "u"

Nichos com lâmpadas iluminam o ambiente